FAÇA PARTE DESSA HISTÓRIA

REFAUNA


RioZoo + Parque Nacional da Tijuca

A Floresta do Parque Nacional da Tijuca é uma das maiores florestas urbanas do mundo. Trata-se de vegetação secundária, fruto do reflorestamento de uma área que foi devastada pela plantação de cafezais, cana, pela caça e colonização do Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, a floresta passou por um processo de defaunação que a transformou numa “floresta vazia”, uma enorme área verde de preservação com uma empobrecida diversidade de espécies animais em seu interior. Para ajudar a reverter esse quadro, a reintrodução de espécies é uma importante ferramenta de conservação, e tem por objetivo restaurar populações e interações ecológicas onde a espécie foi localmente extinta.

Objetivo:

O Refauna é um projeto da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) apoiado tecnicamente e institucionalmente pelo Instituto Conhecer Para Conservar, Paineiras Corcovado e Riozoo. Ele visa engajar pesquisadores para a reintrodução de espécies nativas na Floresta da Tijuca, restaurando a Mata Atlântica da cidade do Rio de Janeiro, sua fauna e interações ecológicas. Para isso, o projeto formaliza uma parceria entre instituições que assumem juntas o compromisso de conservar este patrimônio.

Ações de mobilização:

Oferta de bolsas de iniciação científica e mestrado a alunos; Imersão de alunos da UFRJ no Zoológico; Envolvimento de profissionais do Zoológico em pesquisas na UFRJ; Participação de voluntários na soltura de animais no Parque Nacional da Tijuca; Seminários no Centro de Visitantes Paineiras; Implementação de um plano de controle e monitoramento de fauna no parque, em colaboração com as concessionárias; Envolvimento das concessionárias na conscientização da prevenção do atropelamento de fauna; Workshops no RioZoo.

Quem mais está envolvido?

O projeto Refauna é da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), e conta com o apoio do RioZoo (Zoológico do Rio de Janeiro); Consórcio Paineiras-Corcovado; ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade); UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro); IFRJ (Instituto Federal do Rio de Janeiro); Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

 

Colabore já com esse projeto